h1

De volta ao fundo, o previdenciário

dezembro 13, 2012

O Igreprev administra o Fundo Previdenciário, onde se estima existir R$ 1,6 bilhão em recursos descontados dos servidores públicos.

Diante de indícios de má gestão no fundo e no funcionamento do Conselho Estadual de Previdência, o Ministério Público recomendou que o instituto se abstenha de fazer aplicações temerárias e desamparadas por lei.

Em setembro, o Sindifisco-PA protocolou Carta Aberta ao governador Simão Jatene manifestando preocupação com a administração do Funprev e do Finanprev.

Agora em dezembro, o sindicato voltou a demandar as autoridades, com base na Lei de Acesso à Informação, para saber como anda a gestão dos dois fundos.

Em dois ofícios – ao presidente do Igreprev, Allan Gomes Moreira, e ao promotor Firmino Matos, autor da recomendação -, o sindicato pede acesso às informações previdenciárias e anuncia pretensão de participação de representantes do Fisco no Conselho Estadual de Previdência e no Conselho Fiscal do Igeprev.

Veja, abaixo, o ofício protocolado no Ministério Público.

oficio2

oficio1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: